contato
notícias
eventos
upstreet :: em breve
imagem mais ++ fotos
abobrinha ++ mural
promoções
horóscopo :: em breve
colunistas :: em breve
busca
 
O CIDADEMAIS através de uma parceria com o Jornal BOM DIA oferece de terça a sábados os grandes acontecimentos de Monlevade e região.
Busca notícias
 
 

 Médio Piracicaba tem novo site

Confira as novidades no novo portal

Cobertura total no Médio Piracicaba
 
 
Faça agora uma assinatura do Jornal Bom Dia e receba diariamente no conforto do seu lar o melhor jornal da região.

Preencha corretamente o cadastro para que nossa equipe de venda possa entrar em contato.
nome:
e-mail:
telefone:
 
 
 
Adultos e adolescentes têm que cumprir calendário de vacinação - NOTÍCIAS ++ CIDADEMAIS +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
 
 Adultos e adolescentes têm que cumprir calendário de vacinação
quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

João Monlevade - Com a corrida aos postos de saúde para se imunizar contra a febre amarela, muitos adolescentes, adultos e idosos não apresentam o cartão de vacina, o que, muitas vezes, impossibilita saber se estão com vacinas em atraso.



A coordenadora da Divisão de Vigilância Sanitária (Visa) de João Monlevade, Andréa Peixoto, afirma que o cartão de vacina deve ser guardado como se fosse um documento pessoal. Mas para os que não possuem e nem se lembram quando tomaram as últimas doses do calendário, os postos de saúde contam com profissionais que estão aptos a fazer um novo cartão e a vacinar as pessoas para cumprimento do calendário.



A Portaria 597 de 8 de abril de 2004, institui em todo território nacional, os calendários de vacinação. De acordo com o artigo 3º do decreto do Ministro da Saúde, as vacinas e períodos estabelecidos nos calendários são obrigatórios. Muitas pessoas não sabem, mas de acordo com a portaria, para realizar o Alistamento Militar, é obrigatória apresentação de comprovante de vacinação atualizado.



Andréia Peixoto afirma que todas as vacinas obrigatórias que constam no Cartão de Vacina são aplicadas gratuitamente nos postos de saúde da rede pública.
A portaria apresentada pela coordenadora da Visa, apresenta em seus anexos, o Calendário Básico de Vacinação Infantil, Adolescente, Adulto e de Idosos, que registram todas as vacinas que devem ser aplicadas desde o nascimento até depois dos 60 anos.



As vacinas do Calendário Infantil são acompanhadas pelos pais e sempre há campanhas nacionais para que todas as crianças sejam imunizadas. Em doses e idades diferentes, os pequenos recebem as vacinas BCG, contra Hepatite B, Tetravalentes, VOP (Vacina Oral contra a Pólio), contra febre amarela, SRC (Tríplice Viral) dose única, DTP (Tríplice Bacteriana), SRC (Tríplice Viral) reforço, BCG-ID e o reforço da vacina da febre amarela.



Já os adolescentes, de 11 a 19 anos, contam com um calendário especial para se imunizarem. São vacinas contra difteria e tétano, febre amarela, sarampo, caxumba e rubéola e Hepatite B.



No calendário de vacinação do adulto, que começa a partir dos 20 anos, devem constar as vacinas contra difteria e tétano, contra febre amarela, sarampo, caxumba e rubéola. A partir dos 60, as vacinas contra o vírus Influenza ou gripe e contra a pneumonia, causada pelo pneumococo, também são obrigatórias e constam no calendário de vacinação.


 
enviar esta notícia por email

 
 
 
[ CIDADEMAIS.com.br - Copyright©2001-2014 - Todos os direitos reservados ]
 
?>